Cirurgia Pós-Bariátrica


Cirurgia para ex-obesos – Cirurgia Pós-bariátrica


A cirurgia pós-bariátrica é a cirurgia de lifting corporal para pacientes que sofreram uma grande perda de peso num curto espaço de tempo após uma redução do estômago através de cirurgia bariática. A pele não costuma conseguir acompanhar uma redução de volume tão rápida e permanece pendurada em excesso, criando, por exemplo, o efeito de avental na barriga.

Antes de decidir submeter-se a este tipo de cirurgia, é necessário garantir que o peso está estabilizado.

A cirurgia pós-bariátrica pode englobar cirurgias a variadíssimas zonas, nomeadamente, o body-lift que corrige a flacidez do abdomen, nádegas, virilhas e culotes, a elevação da mama, o lifting de braços e lifting da coxa, a cirurgia da mama e até o lifting facial.

  • Mamoplastia e/ou Mastopexia Pós-Bariátrica

    É muito comum que, após o processo de perda de peso, a mama ganhe flacidez e as auréolas fiquem disformes e localizadas na curvatura do peito, encostadas ao tórax.
    A mastopexia após a gastroplastia tem o objetivo de elevar ou “subir” a  mama e remover o excesso de pele que se formou. Por vezes é necessário associar a uma prótese mamária,  para restabelecer o volume  que foi perdido no processo de emagrecimento.

  • Abdominoplastia Pós-Bariátrica

    A abdominoplastia é uma cirurgia de contorno abdominal que permite reconstruir a parede abdominal muscular e redesenhar a silhueta. A cirurgia plástica do abdómen pós-bariátrica é realizada utilizando os mesmos princípios cirúrgicos da abdominoplastia comum.

  • Lifting Crural Pós-Bariátrica (Lifting das Coxas)

    A cirurgia plástica das coxas pós-cirurgia bariátrica ou gastroplastia é realizada, na maioria das vezes, com uma lipoaspiração da parte interna do terço superior das coxas, diminuindo o peso e facilitando a retirada de pele nas coxas ao nível das virilhas.

  • Braquiplastia Pós-Bariátrica (Cirurgia Plástica de Braços)

    A Braquiplastia é o procedimento cirúrgico de remodelação da forma do braço através da remoção da pele em excesso apresentada muitas vezes nestes casos de grandes perdas de peso.

  • Body Lift Pós-Bariátrica (Cirurgia Plástica de Abdómen Dorso e Flancos)

    Esta cirurgia permite uma remodelação em toda a cintura e associa a abdominoplastia, ao lift dos flancos e dorso e resulta numa cicatriz baixa nas costas, que continua a cicatriz d abdominoplastia, e serve para tratar a flacidez da zona do abdómen, dorso e flancos.

  • Gluteoplastia Pós-Bariátrica (Colocação de Implantes de Silicone nos Glúteos)

    Com a perda de peso após a gastroplastia, a flacidez e falta de volume nos glúteos podem incomodar. A solução é remodelar o tecido em excesso ou colocar implantes de silicone nos glúteos.
    O procedimento equipara-se com o destinado a clientes sem cirurgia bariática.

  • Lifting de Glúteos

    Quando há grandes sobras de pele e o paciente não deseja colocar próteses de silicone, pode-se realizar o lifting dos glúteos. A contrapartida é que a cicatriz é maior e mais visível que a de inclusão de prótese de glúteo.

  • Lipoaspiração após a Cirurgia Bariátrica

    Quando a perda de peso, apesar de grande, ainda deixou algumas gorduras localizadas e sem muita flacidez de pele, pode realizar-se a lipoaspiração nessas áreas.

  • Lifting Facial após Cirurgia Bariátrica

    A cirurgia plástica da face pós-bariátrica segue os princípios básicos dos liftings efetuados em clientes que desejam amenizar os efeitos do tempo. Porém, algumas características importantes e inerentes aos pacientes pós-bariátrica ou ex-obesos têm que ser observadas pois, geralmente, apresentam maior flacidez do tecido subcutâneo, provavelmente por absorção das camadas adiposa e muscular.

A cirurgia pode demorar entre 3 a 8 horas.
A cirurgia é realizada sob anestesia geral.
Deve haver um período de 6 semanas de abstinência.
Os cuidados no pós-operatório vão variar com as cirurgias realizadas mas incluirão repouso, drenagens linfáticas e cintas compressivas.
Poderá voltar ao trabalho ao fim de 2 a 3 semanas e retomar a atividade desportiva ao fim de 6 semanas.
Todos os procedimentos de contorno corporal exigem incisões, muitas vezes extensas, para remover o excesso de pele. O comprimento da incisão e o padrão dependerão da quantidade e da localização do excesso de pele a ser removida. Ainda assim, na maioria dos casos, as incisões são feitas em locais estratégicos para que possam ser escondidas pela maioria dos tipos de vestuário.
Os resultados da cirurgia de contorno corporal após cirurgia bariática são visíveis quase de imediato mas os resultados definitivos demoram uns meses a aparecer completamente.
A manutenção do resultado depende da manutenção da boa-forma e de um peso estável.

A estética da mama tem uma história longa retratada desde a antiguidade em quadros e esculturas, ao longo dos séculos a imagem de uma mama perfeita sempre existiu naturalmente em todos nós. Proporcionalidade, simetria, forma, todos nós sabemos avaliar uma mama, mas nem todas as mulheres têm a sorte de ter uma mama perfeita.
A mamoplastia de aumento é a cirurgia indicada para estas mulheres. No fundo reune tudo aquilo que se pretende na cirurgia estética: uma forma mais elegante, alcançar as expectativas das doentes, resultados reprodutíveis.
A cirurgia de aumento mamário é um dos procedimentos mais frequentes da cirurgia plástica. Desde há muitos anos que esta cirurgia é realizada, e com o decorrer do tempo, a técnica e os materiais são cada vez melhores. Neste momento as próteses têm um design muito apurado e são compostas por substâncias da melhor qualidade. Os fabricantes dão uma garantia vitalícia aos seus produtos.

A cirurgia de aumento mamário é um dos procedimentos mais frequentes da cirurgia plástica.Dr. David Rasteiro

De uma maneira geral as prótese mamárias podem dividir-se em dois tipos principais: redondas e anatómicas. Isto tem a ver com a forma da prótese. Numa prótese redonda a superfície é semiesférica, enquanto que numa prótese anatómica, o perfil faz lembrar uma pêra. Qual é a mais indicada? Bem isso é uma pergunta que deve colocar ao seu médico, se bem que de uma maneira geral as próteses redondas preenchem melhor o chamado polo superior da mama e as próteses anatómicas têm uma configuração que permite uma melhor rotação da mama, especialmente no caso da mama um pouco mais mais caída.

As mulheres que estão interessadas sobre esta cirurgia têm normalmente uma informação já muito precisa sobre o procedimento. No entanto convém esclarecer sobre a localização das cicatriz. Existem três opções no geral: o acesso periareolar ( ao pé do mamilo), inframamário (por baixo da mama) e axilar. São três opções que salvo algumas excepções, como por exemplo se se tratar de uma aréola muita pequena , que impede a via periareolar, podem ser utilizadas sempre. A escolha deve ser realizada consoante o desejo da doente e a experiência do cirurgião.

INFORMAÇÕES PRÁTICAS

Duração da cirurgia – 1H30m

Tipo de anestesia – anestesia local com sedação

Cirurgia com recuperação em ambulatório

Tempo de recuperação (até regressar ao trabalho) – 4 dias a 1 semana

Preços e Orçamentos – Clique aqui

Casos Clínicos de Mamoplastia de Aumento

Fotos Antes e Depois da Mamoplastia de Aumento

Como escolher o tamanho ideal para si?

Simule o seu novo decote em 3D antes do dia da cirurgia

Tem alguma dúvida?
Fale comigo.
Dr. David Rasteiro

Cirurgião Plástico


O seu nome*

O seu email*

Assunto*

Telefone*

A sua mensagem