Sabe o que é uma contratura capsular?

A contratura capsular é muito pouco frequente pois as próteses modernas são muito avançadas tecnologicamente, o que lhes confere elevada qualidade e segurança. Ainda assim, apesar de pouco frequente, é a complicação mais comum nas cirurgias de aumento mamário.

Qualquer material sintético inserido no organismo é interpretado por este como sendo um corpo estranho. Como resposta, o sistema imunitário envolve o objeto estranho numa membrana fibrosa com o intuito de o isolar dos restantes tecidos. Assim, forma-se uma cápsula fibrosa em volta do corpo estranho, a prótese.

Na maioria dos casos, a constrição do implante é ténue, não causando qualquer desconforto, alteração da consistência ou formato da mama. No entanto, em alguns casos, a contração da cápsula é forte o suficiente para causar o endurecimento e distorção da mama e, em casos mais graves, pode até causar dor.

De acordo com a classificação de Baker, existem 4 graus de contratura:

 – Grau I: não há contratura e a mama possui uma consistência semelhante a uma mama natural;

 – Grau II: contratura mínima – a mama não é tão elástica mas, visualmente, não há qualquer alteração.

 – Grau III: contratura moderada – a mama é mais dura e apresenta assimetria relativamente à outra mama.

 – Grau IV: contratura grave que causa dor, endurece a mama e causa assimetria.

Regra geral, a presença de contraturas capsulares em graus mais leves (graus I e II) podem ser tratados com recurso a procedimentos não invasivos como massagens e medicação.

Os casos mais graves de contratura  (graus III e IV), geralmente requerem cirurgia adicional. Em casos extremos, a contratura pode causar a rejeição do implante, obrigando à  remoção da cápsula e troca do implante.

De modo a reduzir o risco de contraturas capsulares, devem ser tomadas medidas preventivas durante o pós-operatório como massagens, algum repouso, ter uma alimentação adequada, evitar tabaco e fazer os curativos como recomendado de modo a favorecer a cicatrização e promover a menor reação possível ao material sintético.

Não hesite em contactar-me para esclarecimentos adicionais.

David Rasteiro

Shape your confidence.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *